acidentes-com-eletricidade

Como se proteger de acidentes com eletricidade? Veja Aqui

Como se proteger de acidentes com eletricidade? Esta é a dúvida de praticamente qualquer pessoa que deseja começar a trabalhar profissionalmente como eletricista. Entretanto existem ainda condições e situações que precisam ser satisfeitas para que você tenha bons resultados.

Ser um eletricista é uma forma de encontrar uma profissão com ótimos rendimentos, sem contar uma boa estabilidade. Afinal de contas a demanda do mercado costuma sempre crescer, e você se torna alguém que está disponível para crescer quase que o tempo todo.

Entretanto é necessário mesmo ter em mente que nem todos terão plena capacidade de entregar um serviço de qualidade. E não há problema nisso, alguns possuem talentos naturais, já outros precisam se dedicar um pouco a mais para garantir bons resultados.

O fato é que independente de você estar testando a profissão ou mesmo se dedicando para crescer, você não pode correr riscos desnecessários. Existem, de fato, muitas coisas que precisam ser levadas em conta quando se pensa em criar uma carreira de sucesso, sobreviver pode ser uma delas.

Talvez esta frase possa ter soado cômica para alguns, entretanto é a mais pura verdade. Muitas pessoas morrem todos os anos em acidentes de trabalho. Daria até mesmo para contar números que atravessam as dezenas de milhares.

E a eletricidade não é de maneira alguma um fenômeno natural que deve servir como brinquedo. Trabalhar com eletricidade exige um comprometimento de responsabilidade grave.

Por isso recomendo que você comece agora a fazer boas escolhas para evitar os principais acidentes com eletricidade.

Um primeiro passo que eu recomendo é clicar no link abaixo para aprender um pouco mais sobre o assunto. Em seguida irei me aprofundar nas causas e maneiras de evitar.

https://www.cursonr10.com/curso-eletricista-goiania

ferramentas-protecao-eletricista

Como se proteger de acidentes com eletricidade?

Primeiramente é importante entender que existem acidentes relacionados diretamente e indiretamente com a eletricidade. Um acidente menor, que não tenha o choque como origem, pode muito bem escalar para outro que envolva a corrente elétrica como principal agente.

Por exemplo, você pode acabar tendo algum objeto entrando em contato com seu olho. No reflexo você solta alguma ferramenta ou mesmo mexe o braço e acaba encostando em alguma fonte descoberta que pode te eletrocutar.

Sem contar que existem sim acontecimentos que são diretos em relação a eletricidade. Como por exemplo a criação de um arco voltaico, que é extremamente perigoso e pode causar desde queimaduras até mesmo uma parada cardíaca.

Mas não podemos ignorar acidentes que acontecem porque você está se expondo a uma situação mais complicada.

Por exemplo, é possível que você acabe encontrando uma altura, que em uma queda pode causar danos realmente profundos. Tudo vai depender do seu empenho no dia a dia, sabendo de maneira mais inteligente como evitar este tipo de problema.

E claro, não vamos nos esquecer da possibilidade de que várias pessoas encontram animais peçonhentos, que podem tanto estar escondido nos forros e porões das casas, como também em fiações em locais rurais.

Basicamente todos estes tipos de problemas possuem algum tipo de equipamento e estratégia de ação para serem prevenidos.

Uso de EPIs

O primeiro passo para se manter completamente seguro é apostar nos equipamentos de proteção individual. Estes itens são completamente relevantes, pois garantem que o profissional não só evite acidentes, como também reduzem o problema quando ele acontece.

Uma coisa é ter uma queimadura quando se encosta em uma superfície quente. Outra coisa é fazer a mesma coisa com luvas de proteção próprias e bem grossas. Isto irá facilitar você a ter resultados incríveis e realmente interessantes.

Entretanto não podemos notar que eles separados fazem um bom resultado, mas para garantir o melhor efeito é importante usar todos juntos. Não somente isso, como também é necessário aprender a fazer o seu melhor para utilizar cada um da maneira correta.

Uma bota de proteção irá te impedir de escorregar facilmente, além de aumentar o isolamento do solo. Assim como será positivo utilizar uma luva que impeça o contato direto acidental com uma superfície energizada.

Utilizar os dois seria realmente um conjunto positivo. Mas são muitos mais que podem ser considerados. Capacetes, óculos de proteção, perneiras…

Mantenha um foco

Muitos dos acidentes com eletricidade que acontecem hoje em dia são decorrentes principalmente de uma atitude desleixada em relação ao foco. Pessoas que não estão capacitadas para fazer suas tarefas muitas vezes podem prestar uma atenção adicional.

Mas com o tempo vem a experiência, e com a experiência vem a coragem e o costume. Por um lado isso é muito bom, porém muitos escolhem conversar enquanto fazem operações arriscadas, desviam o olhar do que é importante, ou mesmo vão trabalhar sem suas capacidades mentais funcionando bem.

Digo isto porque não é raro alguém ir cansado demais para o trabalho, assim como também é comum que outros vão embriagados. Este tipo de atitude é praticamente uma busca desesperada por um acidente, e não deve ser incentivada de modo nenhum.

Conclusão

Um outro passo muito positivo para a sua segurança no trabalho é fazer cursos especializados para a segurança do eletricista. Como por exemplo é o caso do curso de NR10, estes são cursos totalmente voltados para uma prática saudável da profissão.

Este curso irá te mostrar as melhores práticas, assim como também exercer a profissão sem realmente se expor a tantos riscos.

Já o curso NR35 ensina você a trabalhar com mais segurança em ambientes que possuem a possibilidade de queda de grandes alturas.

No mais é isso, a capacitação é sempre uma arma para te ajudar. Qualquer dúvida estamos à disposição!